08 maio 2012

O Amor é Cego

A Loucura resolveu convidar os amigos para tomarem um café em sua casa. Todos os convidados foram. Após tomarem o café, a Loucura propôs: -Vamos brincar de esconde-esconde? O que é isso? (perguntou a Curiosidade)
Esconde-esconde é uma brincadeira em que eu conto até cem e vou procurar. O primeiro a ser encontrado será o próximo a contar. Todos aceitaram, menos o Medo e a Preguiça. 1,2,3...,a Loucura começou a contar.
A Pressa se escondeu primeiro, em qualquer lugar. A Timidez , tímida como sempre, escondeu-se na copa da árvore. A Alegria correu para o meio do jardim; já a Tristeza começou a chorar, pois não achava um local apropriado para se esconder. A Inveja acompanhou o Triunfo e se escondeu perto dele, debaixo de uma pedra.
A Loucura continuava a contar e os seus amigos iam se escondendo. O Desespero ficou desesperado ao ver a Loucura que já estava no noventa e nove, cem...(gritou a Loucura): Vou começar a procurar. A primeira a aparecer foi a Curiosidade já que não agüentava mais, querendo saber quem seria o próximo a contar.
Ao olhar para o lado, a Loucura viu a Dúvida em cima do muro, sem saber em qual dos lados se esconderia melhor. E assim foram aparecendo, a Alegria, a Tristeza, a Timidez ... Quando estavam todos reunidos, a Curiosidade perguntou: -Onde está o Amor?
Ninguém o tinha visto. A Loucura começou a procurar. Procurou em cima da montanha, nos rios, debaixo das pedras e nada do Amor aparecer. Procurando por todos os lados, a Loucura viu uma roseira, pegou um pauzinho, começou a procurar entre os galhos, e de repente ouviu um grito. Era o Amor, gritando por ter furado o olho com o espinho.
A Loucura não sabia o que fazer. Pediu desculpas, implorou pelo perdão do Amor e até prometeu servi-lo para sempre. O Amor aceitou as desculpas. Desde então e até hoje... O amor é cego, e a loucura sempre o acompanha.
07 maio 2012

"Vem cá. Me dá aqui a sua mão. Coloca sobre meu peito. Agora escute. Olha o tumtumtum. Você pode me ouvir? É pra você, seu besta! É por você que meu coração bate! (Ele, que de tanto bater, parou sem querer outro dia). Posso confessar? Jura que vai acreditar em mim? A verdade é que estou de saco cheio de histórias românticas. Meus casos de amor já não têm a menor graça. Será que você me entende? Eu não escrevo porque vivo amores cinematográficos e quero contar pro mundo. Não!! Eu escrevo porque eu sou uma maluca. Minha vida é real demais. Um filme B pra ser mais exata. E eu não acho graça em amores sem final feliz. Por isso, invento. Pro sangue correr pelas veias, pra lágrima cair dos olhos, pra adrenalina sacudir o corpo. Eu invento amores pra ver se eu acredito em mim. (Acredita?). Mas hoje eu estou cansada. Estou cansada de mentiras, de realidade, de telefone mudo e de músicas sem letra.(...)
(...)Me deixa ser egoísta. Me deixa fazer você entender que eu gosto de mim e quero ser preservada. Me deixa de fora de suas mentiras e dessa conversa fiada. Eu sou uma espécie quase em extinção: eu acredito nas pessoas. E eu quase acredito em você. Não precisa gostar de mim se não quiser. Mas não me faça acreditar que é amor, caso seja apenas derivado. Não me diga nada. (Ou me diga tudo). Não me olhe assim, você diz tanta coisa com um olhar. E olhar mente, eu sei! E eu sei por que aprendi. Também sei mentir das formas mais perversas e doces possíveis. (Sabia?) Mas meu coração está rouco agora. GRAVE! Você percebe? Escuta só como ele bate. O tumtumtum não é mais o mesmo. Não quero dizer que o tempo passou, que você passou, que a ilusão acabou, apesar de tudo ser um pouco verdade. O problema não é esse. Eu não me contento com pouco. (Não mais). Eu tenho MUITO dentro de mim e não estou a fim de dar sem receber nada em troca. Essa coisa bonita de dar sem receber funciona muito bem em rezas, histórias de santos e demais evoluídos do planeta. Mas eu não moro em igreja, não sou santa, não evoluí até esse ponto e só vou te dar se você me der também."
Fernanda Mello

Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém. Tô me aproximando de tudo que me faz completa, me faz feliz e que me quer bem. Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também.


Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. 
Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém.


Mas não te procuro mais, nem corro atrás. Deixo-te livre para sentir minha falta, se é que faço falta… Tens meu número, na verdade, meu coração, então se sentir vontade de falar comigo ou me ver, me procura você.
03 maio 2012

Meu nome: AMOR
Meu endereço: teu coraçao
Minha idade: uma vida inteira pra te amar
Data de nascimento: o dia que te conheci
Minha profissão: te amar
Minha estrada: teu corpo
Minha sorte: ter te conhecido
Minha luz: teus olhos
Meu desespero: ficar longe de ti
Minha vontade: nunca sair do seu lado
Meu pensamento: chegar ate você
Cheiro mais gostoso: tua pele
Uma musica: tua voz
Meu desejo: te ter
Minha morte: quando você não me querer mais
Um nome: o seu
Uma recordação: o teu sorriso
Uma tristeza: teu despreso
Um carinho: teu beijo
Uma verdade: Eu Te Amoooo!!!!
Uma realidade: eu não vivo sem você
Um sonho: ter você ao meu lado
Uma duvida: será que você sempre vai me amar???
Um pesadelo: te perder
Minha vida: pensar em você

Desconheço a autoria do texto

Outro Blog

Faça Parte!


E a receita é uma só: fazer as pazes com você mesmo, diminuir a expectativa e entender que felicidade não é ter. É ser... Fernanda Mello

Encontre-me aqui

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket
Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós. Clarice Lispector

Um desses raros momentos em que a gente sabe direitinho o que é felicidade: aquele espaço rápido entre uma ansiedade e outra, em que tudo parece perfeito. E na verdade são ! Cristiana Guerra

Quando penso em voce, fecho os olhos de saudade. Cecília Meireles

Nem todos que sonharam conseguiram, mas pra conseguir é preciso...

Nem todos que sonharam conseguiram, mas pra conseguir é preciso...
Não importa o tamanho dos seus SONHOS, sonhe muito e sempre.
Naiara Silva. Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

Quem sou eu

Minha foto
Escorpiana,22 anos... Mãe,esposa,dona de casa... Adoro descrever meus sentimentos,é uma forma que encontrei para desaba-los. Sou bastante carinhosa, sou dramática, sou intensa. Não suporto falsidade,ingratidão e egoísmo. Sei amar como ninguém e sei odiar como ninguém, sei ferir como ninguém e compreender como ninguém. Não tente me enganar.Eu prefiro uma dura verdade à uma doce mentira. Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma pra sempre. "E se me achar esquisita,respeite também.Até eu fui obrigada a me respeitat."웃

Visitas Recentes